Portugal vai voltar ao mercado na próxima quarta-feira, pretendendo encaixar entre 1.000 e 1.250 milhões euros em Bilhetes do Tesouro a seis e a 12 meses.

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública informa, em comunicado, que vai realizar dois leilões das linhas de BT com maturidade a 18 de março de 2016 e 23 de setembro de 2016, respetivamente.

O montante indicativo global oscila entre os 1.000 e os 1.250 milhões de euros.

O último leilão de BT a seis meses ocorreu em julho, altura em que o IGCP emitiu 650 milhões de euros com uma taxa de juro de 0,014%.