Os acionistas da Portucel aprovaram esta quinta-feira em reunião magna a distribuição de um segundo dividendo, de 13,95 cêntimos, que se soma ao dividendo de 4,18 cêntimos por ação que já tinha sido anunciado, informou a empresa.

Estes são os valores ilíquidos que vão ser distribuídos pelos acionistas da papeleira até ao final do ano, sendo o dividendo de valor mais elevado relativo aos resultados transitados e o mais baixo relativo ao adiantamento sobre os lucros.

No que toca ao segundo dividendo, hoje aprovado, a Portucel referiu no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que "a partir do dia 23 de dezembro (inclusive), as acções serão transaccionadas em mercado regulamentado sem conferirem direito ao referido pagamento".