A Oi foi notificada há um mês pela bolsa norte-americana por as suas ações não cumprirem o preço mínimo estabelecido, informou na terça-feira a operadora de telecomunicações brasileira, participada da Pharol SGPS.

Em comunicado, a Oi adianta que a 14 de setembro foi notificada pela bolsa norte-americana (New York Stock Exchange - NYSE) "de que não estava em conformidade com a norma de listagem contínua da NYSE que exige que o preço médio de fecho de valores mobiliários listados de uma empresa não seja inferior a 1,00 dólar por ação para qualquer período consecutivo de 30 dias de negociação".

A Oi tem agora um período de seis meses, a partir da data da notificação, "para voltar a cumprir a exigência de preço mínimo por ação", segundo as regras da NYSE.

A Pharol detém 27,5% da operadora brasileira.