Em informação enviada à Comissão do Mercado de Valores Imobiliários (CMVM) a Mota-Engil anunciou um aumento de capital da holding de África que pode chegar aos 507,5 milhões de euros.

Estão em causa 15 milhões de novas ações da Mota-Engil África numa oferta preferencial, para titulares de ações ordinárias da empresa, e 20 milhões de ações no âmbito de uma oferta institucional para «investidores qualificados em Portugal e em determinadas outras jurisdições», segundo a Lusa.

O preço das ações será igual nas duas ofertas. A Mota-Engil irá determinar o valor «depois do fim do período da oferta institucional e dentro de um intervalo situado entre um mínimo de 9,20 libras [cerca de 11,51 euros] e um máximo de 11,60 libras [cerca 14,51 euros]». Ao todo, o aumento de capital pode chegar a cerca de 402,5 milhões pelo valor mínimo por ação e 507,5 milhões de euros pelo valor máximo.

O período de oferta preferencial começa às 08:30 de dia 27 de junho, sexta-feira, e termina às 15:00 do dia 09 de julho.