A agência de rating Moodys anunciou uma melhoria da perspetiva da notação atribuída ao Banco Santander Totta, que passou de «negativa» para «estável».

Num comunicado, a Moodys precisa que manteve a notação em 'Ba1', o décimo primeiro lugar numa lista de 21, equivalente ainda a junk [lixo].

A decisão de melhorar a perspetiva do Banco Santander Totta resultou, segundo a agência, da estabilidade do rating 'Baa1' da casa mãe, o Grupo Santander e do de 'Ba3' do Estado português.

A Moody¿s adianta que «o risco do perfil creditício do Banco Santander Totta diminuiu substancialmente» e agora o banco está menos exposto às mudanças.

«Apesar da recessão económica e dos desafios enfrentados pelo sistema bancário em Portugal durante os últimos anos, o Santander Totta demonstrou habilidade para gerar capital internamente», sublinha a Moodys.

Neste sentido, a Moodys precisa que os níveis de capitalização do banco são suficientemente altos para contrabalançar uma maior perda de qualidade de ativos ou uma quebra da rentabilidade.

O Santander Totta anunciou em fevereiro que obteve resultados líquidos de 102 milhões de euros em 2013, menos 60% que no ano anterior.