A holding do Montepio Geral, o Montepio Geral Associação Mutualista, que atualmente não é supervisionado, passa a ser regulado pelo Instituto de Seguros de Portugal, enquanto o banco Caixa Económica continuará sob supervisão do Banco de Portugal, escreve o Público.

A mudança enquadra-se na adaptação do setor bancário ao novo quadro de regulação europeu que já levou o BdP a ordenar uma inspeção forense à Caixa Económica para averiguar se as grandes operações de crédito e de renovação de financiamentos seguiram os processos de decisão regulamentados.

A entrada em campo do ISP implicará uma maior separação das águas entre a Associação Mutualista e a Caixa Económica e exigirá uma redução substancial dos investimentos mutualistas nas entidades financeiras do grupo.