Os prejuízos da banca levaram a mais uma descida dos resultados acumulados das empresas do PSI-20, adianta esta segunda-feira o Diário Económico. Treze das 20 cotadas que foram analisadas pelos investidores lucraram 596,5 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, ou seja, menos 407 milhões do que o registado no período homólogo de 2012, uma quebra de 40,6%.

O maior contributo para esta queda foi o setor da banca, com o BES a passar de lucros de 90,4 milhões de euros para prejuízos de 381 milhões de euros.

Apesar de os lucros terem caído, as cotadas não financeiras melhoraram as receitas, subindo 1,49 mil milhões de euros, (3,47%) e contrariando as expetativas. Falta ainda conhecer os resultados de pesos-pesados como a Portugal Telecom, Sonae, Zon-Optimus e Mota-Engil.