O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, encerrou a sessão desta sexta-feira a avançar 0,28% para 7.114,28 pontos, acompanhando a tendência positiva dos mercados europeus de referência.

Das 20 cotadas que integram o PSI20, 11 valorizaram, duas permaneceram inalteradas face à cotação de quinta-feira e sete fecharam o dia em terreno negativo.

No resto da Europa, os ganhos variaram entre os 0,10% de Madrid e os 0,26% de Frankfurt.

Em Lisboa, a Cofina liderou as subidas ao ganhar 2,24% para 0,638 euros, porém, foi a progressão de 1,52% para 12 euros da Galp que mais impulsionou o índice de referência português.

Entre os pesos pesados, além da petrolífera, também a EDP teve um bom desempenho, subindo 0,77% para 2,868 euros, ao passo que a PT ficou estável nos 3,55 euros e a Jerónimo Martins caiu 1,60% para 13,23 euros.

Na banca, o BES teve a maior subida, ganhando 1,36% para 1,265 euros, seguido pelo BCP, que somou 0,70% para 0,1883 euros, e pelo BPI, que progrediu 0,20% para 1,48 euros.

Já o Banif encerrou o dia inalterado nos 0,0124 euros e o Espírito Santo Financial Group perdeu 0,76% para 5,09 euros.

O maior recuo da sessão coube à Mota-Engil, que baixou quase 7% para 5,025 euros.