A Bolsa de Lisboa encerrou a sessão a cair 0,32% para os 6.034,63 pontos, em contraciclo com os ganhos ligeiros na Europa.

A cotada que mais caiu foi a Impresa, ao deslizar 4,97% para os 0,88 euros. Seguiu-se a Teixeira Duarte, que depreciou 3,4%, com os títulos a cotar a 0,66 euros.

A Mota-Engil também pertenceu à pool das perdas, ao desce1,9%, para os 3,00 euros.

No setor da banca, o BCP derrapou 0,5%, para os 0,09 euros. O BPI caiu apenas 0,1%, com os títulos a cotar a 1,45 euros.

A travar maiores quedas esteve a Sonae, que subiu 1,6%, para os 1,24 euros. A maior subida pertenceu à NOS, 2,1%, com cada ação a valer 6,50 euros.

Na Europa, o dia foi de ganhos ligeiros: Londres subiu 0,1%, Paris e Frankfurt apreciaram 0,2%, milão ganhou 04% e Madrid subiu 0,5%.