O PSI-20 encerrou a primeira sessão da semana a subir 0,15% para os 6.359,63 pontos, em linha com a maioria das praças europeias, a beneficiar do acordo alcançado este domingo entre as seis potências mundiais (membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas e a Alemanha) e o Irão, no sentido de suspender o programa nuclear do país.

Frankfurt foi a praça que mais subiu, 0,9%, seguida de Paris (+0,6%). Londres ganhou 0,3%, Madrid subiu ligeiros 0,1% e Milão foi a única praça a encerrar no vermelho, a perder 0,2%.

No índice lisboeta, nota para a Mota-Engil, que trepou 4,4%, com cada ação a valer 4,09 euros. A PT também esteve no topo dos ganhos, a subir 2,1% para os 3,22 euros, assim como a EDP subiu 0,6%, para os 2,80 euros.

O setor da banca, por seu lado, encerrou a sessão no vermelho, com o BCP a perder 0,5%, para 0s 0,11 euros, o BPI derrapou 1,1%, com cada ação a valer 1,16 euros e o BES afundou 2,5%, para os 0,98 euros.