O principal índice da bolsa portuguesa (PSI20) encerrou a sessão desta quinta-feira a ganhar 2,47% para 6.888,40 pontos, em linha com as valorizações significativas da praças europeias de referência.

Das 20 cotadas no PSI20, 19 subiram e apenas uma (o Banif) encerrou o dia estável face à cotação da véspera.

No resto da Europa, os ganhos variaram entre os 1,54% de Frankfurt e os 1,94% de Madrid.

A Mota-Engil liderou as subidas, somando 8,55% para 4,873 euros, seguida pela Sonae Indústria (4,64% para 0,79 euros) e pela Altri (4,20% para 2,554 euros).

Nota também para os avanços na banca, com o BES a crescer 4,16% para 1,151 euros, o BCP a ganhar 3,39% para 0,1892 euros, o Espírito Santo Financial Group progrediu 1,16% para 4,974 euros e o BPI avançou 0,85% para 1,54 euros. Já o Banif fechou inalterado nos 0,0118 euros.

Entre os pesos pesados, a Jerónimo Martins foi a que mais contribuiu para o bom desempenho do PSI20, ao subir 2,62% para 13,14 euros, seguida pela Portugal Telecom (2,44% para 3,281 euros), pela Galp (2,06% para 11,38 euros), e pela EDP (1,01% para 2,80 euros).