Os juros da dívida pública portuguesa continuam a bater mínimos no mercado secundário.

As Obrigações do Tesouro na maturidade a 10 anos estão já a negociar a 1,687%. As OT a cinco anos negoceiam a 0,795% e as OT na maturidade a dois anos fixam-se em 0,198%.

As descidas têm sido sucessivas nas últimas semanas, e mantêm a tendência decrescente que se foi mantendo desde que Portugal saiu do programa de assistência financeira da troika. 

O pico dos juros foi a 30 de janeiro de 2012, dia em que as OT a 10 anos subiram para 17,345%, as OT a cinco anos fixaram-se em 23,416% e as obrigações a dois anos atingiram os 21,241%. 

Ao longo dos últimos 20 anos, as alturas em que os juros estiveram mais baixos foi em 1999 e em 2005. Ainda assim, longe dos mínimos desta segunda-feira.