Depois da decisão histórica do Banco Central Europeu de lançar um programa de compra de dívida pública e privada na zona euro, no valor de 60 mil milhões de euros por mês, os juros no mercado secundário voltaram a bater mínimos em Portugal.

As obrigações do tesouro a 10 anos chegaram aos 2,11% às 11:30. Também as OT a dois anos bateram mínimos, nos 0,18%.

As obrigações a cinco anos fixam-se em 1,17%, também em mínimos de sempre.

Recorde-se que na quarta-feira a ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque anunciou no parlamento que Portugal vai proceder ao reembolso antecipado da dívida ao Fundo Monetário Internacional.

Maria Luís Albuquerque afirmou que os dados preliminares mostram que o Tesouro está «confortável» para o cumprimento da meta de défice de 2014 [os dados vão ser apresentados na sexta-feira], «aliás, como foi antecipado por pareceres da Unidade Técnica de Apoio Orçamental e do  Conselho das Finanças Públicas»