Os juros da dívida soberana de Portugal estavam esta quinta-feira a subir em todos os prazos e a dez anos mantinham-se acima dos 6 por cento.

Os juros a dez anos estavam a ser negociados a 6,028%, acima dos 6,012% do encerramento de quarta-feira, dia em que o valor ultrapassou os 6% pela primeira vez desde 6 de novembro.

Os juros da dívida a dois anos estavam hoje a ser negociados a 3,439%, acima dos 3,411% do encerramento de quarta-feira, dia em que terminaram abaixo dos 4% pela 19.ª sessão consecutiva desde 28 de agosto.

No prazo de cinco anos, os juros estavam a negociar a 4,937%, acima dos 4,934% do encerramento de quarta-feira e abaixo dos 5% pela décima primeira sessão consecutiva desde 19 de junho.

A 6 de novembro, os juros a cinco e dez anos terminaram respetivamente abaixo dos 5% e 6% pela primeira vez desde junho deste ano.

Entretanto, os juros da dívida soberana da Irlanda e da Itália bem como os de Espanha estavam hoje a subir em todos os prazos.

Os juros da dívida da Grécia a dez anos, os únicos disponíveis, também estavam hoje a subir face a quarta-feira, depois de terem atingido a 7 de novembro o valor mínimo desde abril de 2010.