Os juros da dívida soberana de Portugal a 10 anos continuavam esta terça-feira acima dos 7%, depois de terem terminado na segunda-feira e na sexta-feira acima desta barreira pela primeira vez desde 18 de julho.

Os juros a dez anos estavam a ser negociados a 7,019%, depois de terem fechado a 7,014% na segunda-feira.

Depois de durante a crise política terem subido até aos 7,508% a 12 de julho, os juros a 10 anos tinham-se mantido desde 19 de julho em níveis sempre abaixo da barreira dos 7%.

Os juros da dívida a dois anos estavam hoje a ser negociados a 5,283%, a subir face a segunda-feira, dia em que terminaram a 5,267%.

No prazo de cinco anos, os juros estavam a negociar a 6,523%, abaixo dos 6,543% de segunda-feira.

Os juros da dívida soberana de Itália e de Espanha estavam a descer a dois, cinco e 10 anos.

Em relação aos juros da dívida da Grécia a dez anos, estes estavam a descer.