Os juros da dívida soberana de Portugal a dois e 10 anos estavam hoje a atingir mínimos de 2010.

Os juros a 10 anos estavam a recuar para 4,572%, contra os 4,577% no final da sessão de sexta-feira, em mínimos de maio de 2010.

No prazo de dois anos, os juros estavam igualmente a aliviar, ao serem negociados a 1,643%, depois de terem encerrado na sexta-feira a 1,677%, batendo em mínimos de abril de 2010.

A cinco anos, os juros estavam, por sua vez, a subir, ao negociarem nos 3,457%, face aos 3,450% da sessão anterior.

Em Espanha, Itália e na Grécia os juros descem, enquanto na Irlanda estão maioritariamente a subir.

Os investidores acompanharão hoje a reunião dos ministros das Finanças da zona euro e a reunião do Parlamento Europeu para discutir a crise na Crimeia.

O parlamento da Crimeia, pró-Rússia, convocou para 16 de março um referendo sobre a reunificação com a Rússia, considerado ilegal por Kiev e por diversos Estados, como Estados Unidos, Reino Unido, França e Alemanha.