Os juros da dívida soberana de Portugal estavam esta quinta-feira a subir no prazo a 10 anos, mas seguiam a descer a cinco e dois anos.

Os juros a dez anos estavam a ser negociados a 7,1250%, depois de terem fechado a 7,059% na quarta-feira, pelo décimo quarto dia consecutivo acima da barreira dos sete por cento.

Os juros da dívida a dois anos estavam hoje a ser negociados a 5,6190%, a subir face a terça-feira, dia em que terminaram a 5,552 por cento. A 13 de setembro, os juros neste prazo fecharam a 5,987%, um máximo desde o início do ano.

No prazo de cinco anos, os juros estavam a negociar a 6,5960%.

Entretanto, os juros das dívidas soberanas de Itália e de Espanha estavam a subir em todos os prazos, bem como os da Grécia a dez anos, o único prazo disponível.