O Tesouro italiano colocou hoje 8.460 milhões de euros em títulos a quatro, cinco e dez anos a juros menores que os pagos anteriormente, tendo a taxa a cinco anos atingido um mínimo histórico.

Segundo o Banco de Itália, o Tesouro colocou 3.000 milhões de euros em títulos a dez anos, o máximo oferecido, a uma taxa de juro de 3,81%, abaixo dos 4,11% pagos no leilão anterior em dezembro.

No entanto, a procura para esta emissão a 10 anos foi ligeiramente mais baixa que a registada no leilão anterior, já que o rácio de cobertura foi de 1,32 vezes, abaixo do de 1,34 vezes registado em dezembro.

Em relação à emissão a cinco anos, o Tesouro colocou a oferta máxima de 4.000 milhões de euros a um juro de 2,43%, um mínimo histórico. O rácio de cobertura foi de 1,49 vezes, acima do de 1,28 vezes registado no leilão anterior.

O Tesouro italiano colocou ainda 1.460 milhões de euros em títulos com vencimento em 2018 a um juro de 1,79%, abaixo dos 2,11% pagos no leilão anterior.

O rácio de cobertura desta emissão também caiu para 1,53 vezes, já que no leilão anterior tinha atingido 2,84 vezes.