O Tesouro italiano colocou esta quinta-feira 8.500 milhões de euros em títulos a um ano a um juro de 0,999%, um mínimo desde o leilão de junho para a mesma maturidade.

A taxa de juro para os títulos da dívida de Itália a um ano desceu pela primeira vez desde junho para níveis abaixo de 1%, já que no leilão de setembro a taxa se tinha situado em 1,34%.

A procura para a emissão de hoje foi de 14.652 milhões de euros, 1,76 vezes mais do que a oferta.

Na emissão de setembro, a procura tinha sido 1,36 vezes superior à oferta.

Depois de algumas semanas de instabilidade depois da crise do Governo italiano, a confirmação do executivo de Enrico Letta no Parlamento italiano a 02 de outubro devolveram temporariamente a calma aos mercados.