O Grupo Mello prepara-se para rever a oferta sobre a Espírito Santo Saúde (ESS). Esta decisão surge depois do registo da Oferta Pública de Aquisição (OPA) do Grupo Ángeles sobre a ESS e a revisão em alta, para 4,50 euros, da oferta dos mexicanos.

Segundo a imprensa, o Grupo Mello estará a negociar com os bancos financiadores a hipótese de oferecer quase mais 20 milhões de euros pela totalidade do negócio.

Contactada pelo «Diário Económico», a José de Mello Saúde não comenta o registo da oferta do grupo mexicano, nem a hipótese de vir a rever a oferta em alta. No entanto, Vasco de Mello, presidente do Grupo Mello, admitiu no dia do lançamento da oferta vir a «atuar de forma adequada» face a uma alteração de circunstâncias.

O Grupo Mello tem até sexta-feira para dizer se continua ¿em jogo¿.