A Grécia colocou esta quinta-feira três mil milhões de euros em títulos a cinco anos, a uma taxa de juro de 4,95%, na primeira ida aos mercados internacionais em quatro anos, segundo noticiam agências de notícias, citando a imprensa do país.

O vice-primeiro-ministro grego, Evangelos Venizelos, frisou que esta emissão a médio prazo marca o regresso aos mercados e destacou o «sucesso da operação», com a procura a superar «pelo menos oito vezes a oferta».

«A resposta do mercado foi encorajadora, os mercados confiaram na Grécia», disse Venizelos, também ministro dos Negócios Estrangeiros, em conferência de imprensa.