O intervalo do preço das ações dos CTT - Correios de Portugal que serão colocadas em mercado no âmbito da privatização será comunicado na segunda-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), disse esta quinta-feira o ministro da Presidência.

Luís Marques Guedes, que falava na conferência de imprensa que se seguiu ao Conselho de Ministros, disse, em resposta aos jornalistas, que a privatização dos CTT tinha sido um tema «tratado» na reunião, mas que não tinha ficado «fechado».

Isto porque, explicou o ministro, o roadshow, que está a ser feito junto dos potenciais investidores, só termina na sexta-feira, motivo pelo qual o intervalo do preço das ações será decidido pelo Conselho de Ministros, durante o fim de semana, por via eletrónica.

O intervalo do preço das ações dos CTT será comunicado à CMVM na segunda-feira, às 09:00, e, «na sequência disso, será publicada a resolução do Conselho de Ministros, ainda durante o dia de segunda-feira, por forma a que os passos seguintes da operação [de privatização] possam iniciar-se na terça-feira», acrescentou Marques Guedes.