A agência de notação financeira Fitch melhorou a perspetiva da elétrica EDP de «negativa» para «estável» mas manteve a avaliação da dívida de longo prazo em «BBB-», último grau de investimento.

Uma nota de análise da Fitch, citada pela Lusa, mostra que esta decisão surge «depois de terem sido divulgados mais detalhes sobre as mudanças regulatórias e o seu impacto sobre as operações espanholas da EDP, detidas diretamente ou através das suas subsidiárias HC e EDP Renováveis, bem como a entrega do plano de negócios para 2014-2017».

A agência de notação justifica a subida do outlook (perspetiva) para estável com a expectativa de que «a EDP irá reduzir os seus recursos das operações em termos de alavancagem líquida ajustada para menos de cinco vezes em 2016 face às 5,7 vezes em 2013 e, como resultado, vai atingir a orientação de alavancagem para o rating BBB-». A Fitch acrescentou ainda que a subida da perspetiva surge depois de «um significativo decréscimo do plano de gastos de capital para os próximos quatro anos», entre outros fatores.

Esta é a primeira melhoria desde que a agência de notação financeira desceu a perspetiva da EDP em agosto de 2012.