A Reserva Federal (Fed) mantém o programa de recompra de ativos, mas pretende reduzi-lo «o mais tarde durante este ano» e encerrá-lo em meados de 2014, segundo as atas da reunião de julho do comité de política monetária.

«Se as condições económicas melhorarem como esperado, o Comité [do Mercado Aberto, FOMC] vai moderar o ritmo do seu programa de compras mais tarde durante este ano. E se as condições económicas se continuarem a desenvolver como se antecipa, o Comité vai (...) concluir o programa de compras em meados de 2014», lê-se nas minutas da última reunião dos governadores da Fed, a 30 e 31 de julho, que foram hoje divulgadas.

Nos documentos, é ainda referido que alguns elementos do FOMC acreditam que programa de recompra de ativos em curso deve começar a ser aliviado em breve, ao passo que outros «enfatizaram a importância de ser paciente» antes de começar a aliviar o programa de compra de ativos, no valor de 85 mil milhões de dólares por mês (cerca de 64 mil milhões de euros), como estímulo à economia norte-americana.

Para estes responsáveis, é preciso mais informação para saber se a economia vai crescer ao ritmo esperado na segunda metade deste ano ou não.

«Quase todos os membros do comité concordaram que uma mudança no programa de compra [de ativos] ainda não é apropriado», lê-se no documento.