As praças financeiras na Europa abriram a sessão no verde, a consolidar ganhos naquela que é a última sessão da semana. Ainda assim, os ganhos são bem menos fortes do que os registados na sessão de quinta-feira: Madrid sobe 0,5%, Londres avança 0,4%, Frankfurt sobe 0,2%, Paris aprecia 0,1% e Milão ganha apenas 0,01%.

A europa segue o segundo dia de fortes ganhos no mercado asiático, depois de Pequim ter tomado medidas para travar a turbulência dos mercados. A Bolsa de Xangai encerrou a ganhar 4,9%, eenquanto a Bolsa de Tóquio (Nikkei) fechou a semana a avançar 3,03%.

Lisboa segue a tendência europeia, com o PSI-20 a ganhar 0,22%, nos 5.316,93 pontos, com metade das cotadas a negociar abaixo da linha de água.

No verde, destaque para a Teixeira Duarte, que avança 3,8%, para os 0,49 euros. Segue-se a Galp, que ganha 2,9%, nos 9,60 euros, segundo a tendência de subida do preço do petróleo nos mercados internacionais.

A Pharol avança 2%, com os títulos a cotar a 0,25 euros.

No setor da banca, a tendência é mista: o BPI avança 0,5%, nos 0,96 euros, enquanto o BCP perde 0,2%, mantendo o preço das ações em 0,06 euros.

O Banif lidera as perdas, ao cair 1,8%, nos 0,005 euros. A Jerónimo Martins perde 1,7%, com as ações a valer 12,53 euros e a travar maiores ganhos do índice.