O euro seguia esta segunda-feira a valorizar face à divisa norte-americana, mantendo-se acima da barreira dos 1,36 dólares, numa sessão em que os investidores aguardam pelas palavras da presidente da Reserva Federal (Fed) norte-americana no Congresso.

Pelas 18:30 de Lisboa, o euro transacionava nos 1,3643 dólares, ligeiramente acima dos 1,3619 dólares a que negociava na sexta-feira sensivelmente à mesma hora.

A presidente da Reserva Federal norte-americana, Janet Yellen, vai falar no Congresso na terça-feira, pela primeira vez desde que assumiu o cargo.

«Os mercados querem saber como Yellen vê a redução dos estímulos monetários. As palavras de Yellen podem marcar o tom dos mercados financeiros esta semana», afirmou a analista Kathleen Brooks, da Gain Capital, citada pela Efe.

Os economistas preveem que a Fed mantenha o ritmo de redução de estímulos monetários, apesar de os números da criação de emprego não terem sido muito positivos: o índice do desemprego nos Estados Unidos baixou uma décima e situou-se nos 6,6% em janeiro, mês em que a economia norte-americana criou 113 mil empregos líquidos, abaixo do previsto.