O euro caiu esta quarta-feira ligeiramente face ao dólar, depois de dados terem mostrado que a venda de casas novas nos EUA cresceram 8,3% em junho, o número mais alto desde maio de 2008.

Às 18:48, hora de Lisboa, o euro valia 1,3183 dólares, abaixo dos 1,3212 dólares registados na terça-feira, de acordo com dados da agência financeira Bloomberg.

Os bons dados dos EUA frearam a apreciação da moeda única, que esteve durante quase toda a jornada a valorizar.

Porém, o euro avançou face ao iene, atingindo 132,74, o câmbio mais forte desde o dia 23 de maio, enquanto o dólar também valorizou face à moeda japonesa, superando a barreira psicológica dos 100 e situando o câmbio em 100,39.