As taxas Euribor caíram esta terça-feira a três, seis e nove meses e mantiveram-se a 12 meses em relação a segunda-feira e neste prazo mais curto para um novo mínimo de sempre.

A Euribor a três meses, em terreno negativo desde 21 de abril passado, foi fixada em -0,132%, novo mínimo de sempre e menos 0,003 pontos percentuais do que na segunda-feira.

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação e que desceu para terreno negativo pela primeira vez a 06 de novembro, caiu hoje para -0,041%, menos 0,002 pontos do que na segunda-feira, mas acima do mínimo de sempre de -0,051% verificado a 03 de dezembro.