Apesar da Portugal Telecom e da EDP terem tido uma boa prestação na sessão desta quarta-feira, o PSI-20 encerrou a ganhar ligeiros 0,3% nos 6.877,68 pontos, penalizado pelas quedas no setor da banca.

O BES afundou 1,8%, fixando o preço das ações em 0,87 euros, assim como o BCP, que perdeu 1,1%, com cada ação a valer 0,17 euros.

A Espírito Santo Financial Group foi a cotada que mais caiu, 5%, fixando o preço das ações em 2,60, isto depois do Banco de Portugal ter detetado irregularidades nas contas da Espírito Santo Internacional e concluir que a situação financeira é grave.

Destaque também para os CTT, que perderam 1,4%, com cada ação a valer 7,21 euros.

Do lado dos ganhos, a PT trepou 5,2%, nos 2,82 euros. A EDP ganhou 2,1%, para os 3,49 euros, no dia em que a Credit Suisse subiu o preço-alvo da empresa para os 3,50 euros.

Na Europa, os mercados encerraram em terreno misto: Frankfurt subiu 0,3%, Paris ganhou 0,2% e Londres apreciou ligeiros 0,1%. Madrid caiu 0,1% e Milão, a praça que mais perdeu, derrapou 1,1%.