As ações da Espírito Santo Saúde trepam 2,2%, com o preço de 4,65 euros, 0,25 euros acima do preço oferecido pelo grupo Mello no âmbito da oferta pública de aquisição lançada esta quinta-feira.

No fecho do mercado de ontem as ações da ES Saúde treparam 4%, nos 4,55 euros.

Já o PSI-20 abriu a sessão em queda e assim continua, a perder 0,11%, nos 5.915,83 pontos, numa Europa que está a negociar em terreno positivo, embora com ganhos ligeiros.

Apenas Frankfurt desce 0,03%. Paris e Milão apreciam 0,1%, enquanto Londres e Madrid avançam 0,2%.

A pressionar Lisboa está o setor da energia, com a EDP a cair 0,5% para os 3,50 euros, enquanto a Galp desce 0,1%, nos 13,48 euros por ação.

Também a Portugal Telecom deprecia 0,4%, fixando o preço das ações em 1,72 euros.

Do lado dos ganhos, também eles ligeiros, está o setor da banca, com o BPI a somar 0,3%, nos 1,51 euros, enquanto o BCP avança 0,3%, com as ações a custar 0,11 euros.

As maiores subidas pertencem à Altri, que trepa 2,4% para os 2,60 euros, enquanto a Teixeira Duarte valoriza 1,4%, fixando as ações em 0,88 euros.