A venda de eletricidade da EDP no crucial mercado ibérico subiu, em termos homólogos, 1,4% no primeiro semestre de 2015, para 29 gigawatts hora (GWh), apoiada principalmente pela retoma económica em Portugal, anunciou a empresa.

"A eletricidade distribuída em Portugal aumentou 1,6% no primeiro semestre suportada por alguns sinais de recuperação económica no período", afirmou a empresa, nota a Reuters.

Referiu, em comunicado publicado no site da CMVM, que, no Brasil, a eletricidade distribuída diminuiu 0,5%, penalizada por menos procura da indústria por energia no mercado livre.

O gás distribuído na Ibéria caiu significativamente: 32% para 19,4 GWh. "A energia distribuída pela EDP recuou 8% no primeiro semestre, reflexo da venda de alguns ativos de gás em Espanha no quarto trimestre de 2014", explicou a EDP.

Excluindo o impacto da venda, a energia distribuída teria crescido 1,5%, acrescentou.

A capacidade instalada da EDP fixou-se nos 23,3 Gigawatts no final de Junho de 2015. No último ano, a empresa aumentou a sua capacidade em 492 megawatts (MW), com nova capacidade eólica e solar, a consolidação integral da central a carvão de Pecém, no Brasil, e nova capacidade hídrica em Portugal.

O número de clientes em Portugal da EDP ficou praticamente estável face ao período homólogo, nos 6.752.

As ações da EDP seguem a perder 0,44% para 3,61 euros.