Uma crise orçamental prolongada em Washington poderá enfraquecer o papel dos EUA no mundo, defendeu hoje o secretário de Estado norte-americano, John Kerry.

«Se a situação vier a prolongar-se, ou a repetir-se, a população poderá começar a colocar em dúvida a vontade dos EUA de manter o rumo e a sua atitude para consegui-lo. Mas, não é o caso e penso que não será», disse John Kerry, numa conferência de imprensa antes da abertura da cimeira da APEC (Fórum de Cooperação Económica da Ásia Pacífico) na ilha de Bali, na Indonésia.

A crise orçamental em Washington, que desde terça-feira provoca a paralisia dos serviços federais, continua hoje sem solução à vista.

Democratas apresentam recurso parlamentar para resolver crise nos EUA

Os líderes democratas da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos apresentaram na noite de sexta-feira um recurso parlamentar para resolver a crise política em Washington que levou à paralisação da administração federal.

Em conferência de imprensa no Capitólio, os membros da Câmara dos Representantes afirmaram que a medida em causa não é mais do que um esforço «bipartidário» para pôr fim ao encerramento parcial da administração que está a afetar 800.000 funcionários públicos.

Os legisladores queixaram-se da recusa republicana em aprovar o orçamento federal para o ano fiscal de 2014 que começou a 01 de outubro, mas manifestaram confiança em resolver a crise.