O gigante bancário Credit Suisse anunciou hoje uma mudança radical de estratégia que representará um corte de 5.000 postos de trabalho e uma operação em bolsa para angariar 5,6 mil milhões de euros.

Na sequência deste anúncio, o Credit Suisse viu o preço das ações caírem 4,70% na sessão de hoje da bolsa suíça, quando o índice SMI estava a cair 0,67% a meio da manhã.

Ao anunciar a estratégia do Credit Suisse, o novo presidente executivo Tidjane Thiam, no cargo desde julho, disse que o banco estava "a tomar medidas decisivas para fortalecer o balanço e posição de capital", de forma a que "não seja mais uma fonte de preocupação" dos clientes, investidores ou reguladores.