A compra e venda de ouro está com regras mais apertadas.
 
A partir desta segunda-feira passam a ser proibidos os pagamentos em dinheiro, superiores a 250 euros. Acima deste valor, o pagamento tem que ser feito por meio eletrónico, transferência bancária ou cheque.
 
Além disso, o novo regime jurídico da ourivesaria indica também que cada loja tem de ter um letreiro visível com a cotação dos metais preciosos e um sistema de videovigilância.
 
As imagens terão de ser preservadas durante 90 dias.
 
As coimas por não cumprimento da nova Lei podem chegar aos 200 mil euros no caso de empresas e a 20 mil euros no caso de singulares.