O Banco Central da China desvalorizou o yuan em 1,9%, o que representa a maior desvalorização da moeda em 20 anos no país.
 
A decisão, que foi tomada esta manhã, é mais um esforço das autoridades chinesas para combater a desaceleração da economia.
 
Até ao momento, a maior desvalorização imposta pelo Banco Central Chinês tinha sido de 0,16%.
 
Entre os dados desapontantes estão as exportações, que caíram mais de 8% em julho e os preços nas vendas industriais, que atingiram mínimos de agosto de 2009.

A acrescentar a isto, a segunda maior economia do mundo deverá registar um crescimento de 7% este ano, o mais baixo em 25 anos.