A China preveniu “com êxito” os potenciais riscos do mercado financeiro e tomou a tempo medidas para enfrentar as suas flutuações, após meses de resultados voláteis nas praças do país, segundo primeiro-ministro chinês, Li Keqiang.

Li prestou estas declarações ao reunir-se em Pequim, na quinta-feira, com o ex-secretário do Tesouro dos Estados Unidos da América Henry Paulson, segundo noticia hoje a agência Xinhua.

As medidas adotadas por Pequim estiveram “de acordo com as práticas internacionais e as condições próprias da China”, sublinhou o chefe do Governo.