A Caixa Geral de Depósitos (CGD) concluiu esta quarta-feira com sucesso a emissão de obrigações hipotecárias, com maturidade de cinco anos, com uma taxa de juro de 3,125%, tendo a procura ultrapassado mais de cinco vezes a oferta.

«O resultado desta operação fica acima das nossas melhores expectativas. Estamos a consolidar o acesso aos mercados, com regularidade e consistência», afirmou à agência Lusa o administrador financeiro do banco público, João Nuno Palma.

Segundo o responsável, esta emissão de dívida serve de «indicação aos investidores que a CGD é um emitente estável e credível».

O cupão (juro nominal) associado foi de 3%, que compara com uma operação semelhante realizada pelo banco estatal há cerca de um ano, na qual o cupão oferecido foi de 3,75%.

Já a taxa (rendimento oferecido ao investidor) fixou-se nos 3,125%, bastante abaixo dos 3,835% da emissão de janeiro de 2013.