As bolsas europeias seguiam esta quinta-feira de manhã negativas, numa sessão em que os investidores estarão atentos às eleições na Catalunha, Espanha.

Os partidos separatistas ganharam as últimas eleições regionais, em 2015, com 72 deputados num total de 135 no parlamento regional, o que lhes permitiu formar um governo que organizou um referendo de autodeterminação em 1 de outubro último, considerado ilegal pelo Estado espanhol.

As eleições foram convocadas pelo chefe do Governo espanhol, Mariano Rajoy, em 27 de outubro passado, no mesmo dia em que decidiu dissolver o parlamento da Catalunha e destituir o executivo regional.

Pelas 08:20 de Lisboa, o Eurostoxx 50, o índice que representa as principais empresas da zona euro, estava a cair 0,43%, nos 3.537,50 pontos.

As principais bolsas europeias estavam a transacionar entre as perdas de 0,38% de Frankfurt e as de 0,43% de Paris.

A Comissão Europeia publica também esta quinta-feira o indicador preliminar de confiança dos consumidores de dezembro.

No mercado de divisas, o euro seguia a descer para os 1,1869 dólares, enquanto nas matérias-primas, o barril de Brent, o crude de referência na Europa, sobe ligeiramente até aos 64,57 dólares.