O índice acionista de referência fechou a cair 1,17%, pressionado pela EDP e pelo Millennium bcp, em linha as praças europeias, após a Grécia ter adiado um reembolso ao FMI e rejeitado as propostas de reformas dos credores para desbloquear uma nova tranche de financiamento.

De acordo com a Reuters, o índice FTSEurofirst, que integra as 300 maiores cotadas europeias, perdeu 0,79%, com a Bolsa grega a mergulhar 4,96%.

Atenas optou por falhar um reembolso de 300 milhões de euros (ME) ao FMI, devido hoje, adiando esse pagamento para final de Junho, quando terá de pagar os quatros reembolsos deste mês, um total de 1.600 ME.

O Ministro da Economia grego, George Stathakis, afirmou que que o Governo não aceita as propostas dos credores para libertar o financiamento a Atenas, pois estas incluem aumentos de impostos, privatizações e uma reforma das pensões.

Os investidores estão cada vez mais preocupados com a situação da Grécia, num contexto em que os mercados de obrigações já estão nervosos após a venda massiva e volatilidade das últimas semanas, e a reação dececionante do Banco Central Europeu esta semana.

No mercado secundário de dívida soberana, a taxa das obrigações gregas a 10 anos saltam 82 pontos base (pb) para 11,62%, enquanto a de 2 anos dispara 2,95 pb, ou seja, quase 3 pontos percentuais para 25,397%.

A subida das 'yields' foi transversal na Europa, embora em menor escala do que as gregas, com a das Obrigações do Tesouro (OT) portuguesas a 10 anos a agravar 11 pb para 2,96%, e a das equivalentes espanholas 11 pb para 2,24% e das italianas 12 pb para 2,26%.

"A rejeição das propostas dos credores significa que estamos numa situação mais difícil do que muitas pessoas desejariam nesta fase," disse Christoph Rieger, estrategista no Commerzbank, citado pela Reuters.


Em Wall Street, os índices seguem estáveis.


Impacto dos pesos-pesados


Em Lisboa, os pesos-pesados pressionaram o índice, com a EDP a perder 1,85 pct e o BCP 1,36 pct.

Cenário misto no resto da banca, com o BPI BBPI.LS a recuar 0,71 pct, enquanto o Banif BANIF.LS subiu 1,45 pct.

A Galp Energia GALP.LS avançou 0,56 pct para os 10,715 euros.