As bolsas europeias abriram esta quinta-feira em queda, depois de ontem terem atingido máximos de 12 semanas, animadas com o facto de a Zona Euro ter saído da recessão no segundo trimestre. As quedas não chegam a 0,5%, num dia em que praças como a italiana, grega ou austríaca estão encerradas devido ao feriado.

As atenções dos investidores estarão hoje centradas nos dados económicos que vão ser publicados nos EUA, como os pedidos de subsídio de desemprego e a produção industrial.

Em Lisboa, o PSI20 perde 0,25% para 6.045,93 pontos, com a banca a corrigir, depois dos fortes ganhos dos últimos dias.

O BPI cai 0,96% para 1,04 euros, o BCP 0,94% para 10,6 cêntimos e o BES 0,34% +ara 89 cêntimos, depois de ontem ter disparado mais de 5%.

No vermelho segue também a EDP, que recua 0,15% para 2,71 euros, e a PT, que perde 0,1% para 2,93 euros. A empresa apresentou ontem resultados do primeiro semestre, com os lucros a mais do que duplicarem para 284 milhões de euros, e a superarem mesmo as estimativas dos analistas. Mas a operadora anunciou também que vai cortar o dividendo para 2013 e 2014 de 32,5 cêntimos para 10 cêntimos, um corte de 70%. A notícia levou as ações a afundarem ontem 7%.