A Bolsa de Lisboa segue em ligeira alta, a beneficiar do suporte da Galp Energia e do Millennium bcp, mas com uma liquidez tímida pois o foco dos investidores está virado para os dados do mercado de trabalho nos EUA.

O índice benchmark português PSI20 está a subir 0,46%, enquanto na Europa os principais índices acionistas oscilam entre uma queda de 0,34% do FTSE MIB em Milão e uma subida de 0,54% do FTSE em Londres.

"O mercado está calmo e a aguardar os dados do emprego nos EUA, porque podem ser importantes para a evolução das taxas de juro (da Fed) nos EUA", disse Gualter Pacheco, trader da Go Bulling, no Porto, à Reuters.

"Por outro lado, o mercado começa já a pensar na reunião do Banco Central Europeu (BCE) a 10 de Março", adiantou, lembrando que há a expectativa do BCE adotar mais medidas de estímulo à economia europeia.

A performance ligeiramente positiva da praça portuguesa é sustentada pelos ganhos de 1,2% da Galp Energia, de 1,87% do Millennium bcp e de 0,77% da telecom Nos.

O trader da Go Bulling lembrou que, apesar do índice DJ Stoxx para banca europeia estar a ganhar 0,8%, em Portugal "o sector da banca aguarda as negociações entre o Caixabank e a Santoro".

As ações do BPI estão a descer 1,29%, ainda numa tomada de mais-valias após as subidas recentes, quando capitalizou as primeiras notícias que davam contam da possibilidade do banco espanhol, que tem mais de 44% do banco, comprar os mais de 18% da Santoro de Isabel dos Santos.

A limitar os ganhos do índice PSI20 está também a EDP-Energias de Portugal, cujas ações subiram ontem mas estão a descer 1,57% hoje, após a empresa ter divulgado os seus resultados.