A PT SGPS destaca-se esta quarta-feira nas negociações da bolsa de Lisboa, mas pela negativa, após a empresária angolana Isabel dos Santos ter retirado a oferta sobre a operadora portuguesa.

A empresa perde agora mais de 1% para 0,994 euros e aproxima-se de mínimos históricos (0,97 euros).

A Terra Peregrin de Isabel dos Santos anunciou na terça-feira à tarde que retirou a Oferta Pública de Aquisição (OPA) de 1.200 milhões de euros (ME) sobre a PT SGPS, que visava travar a venda dos ativos portugueses de telecoms da PT Portugal,  recusando subir o preço inicial oferecido de 1,35 euros por cada ação da PT.  

Em comunicado, foi referido que a decisão foi tomada «após cuidada ponderação».

As principais bolsas europeias seguem neste arranque de sessão em alta ligeira.