A Bolsa de Lisboa valoriza 1,7% e lidera as subidas entre as pares europeias com todos os 18 títulos em alta e os fortes ganhos dos bancos portugueses em destaque.

Transacionaram-se 213 milhões de ações, ou 29 milhões de

euros (ME), na NYSE Euronext Lisbon, segundo a Reuters.

Destaque para as subidas de quase 3% dos principais

bancos e da Portugal Telecom, estando o Millennium bcp a ganhar 2,99% para 0,0897 euros, o BPI a

subir 2,73% para 1,247 euros e a operadora a somar 2,65%

para 1,431 euros.

«O alívio das tensões geopolíticas beneficia toda a Europa,

estando Lisboa a subir mais, com destaque para a banca e para a NOS. Isto, apesar da fraca liquidez, com o mercado já em período de férias», disse Luís Gonçalves, trader da Go Bulling à Reuters.



Entre os pesos-pesados, a EDP avança 1,76% para 3,244 euros, a Galp sobe 1,02% para 12,325 euros e a Jerónimo Martins ganha 1,2% para 10,17 euros.



No mercado secundário de dívida, a taxa de juro das

Obrigações do Tesouro portuguesas a 10 anos recuam cinco pontos base para 3,72%, acompanhando o movimento de descida das pares da periferia europeia.