O PSI20, o principal índice da bolsa portuguesa, seguia a ganhar 0,14%, para 5.999,48 pontos, cerca de 50 minutos após o início da sessão, em contraciclo com os mercados europeus.

A bolsa portuguesa iniciou a sessão a ganhar 0,29%.

Dos 20 títulos que compõem o principal índice português, seis estavam em alta, sete em baixa e os restantes inalterados.

Do lado dos ganhos, a Semapa valorizava 0,88%, para 7,01 euros, seguida da Zon, a progredir 79% (para 4,23 euros), da Altri (+0,78% para 1,94 euros), da Mota-Engil (+0,44% para 2,73 euros), da EDP (+0,26% para 2,71 euros) e da Jerónimo Martins (+0,03% para 15,51 euros).

No vermelho seguiam o Banif (-8,33% para 0,01 euros), a Sonaecom (-0,39% para 1,80 euros), Galp (-0,27% para 12,70 euros), a Portugal Telecom (-0,21% para 2,81 euros), a EDP Renováveis (-0,16% para 3,81 euros), a Portucel (-0,11% para 2,67 euros) e o BPI (-0,10% para 1,01 euros).

Sensivelmente à mesma hora, a maioria das principais praças europeias seguiam em baixa ligeira, em tomada de mais-valias.

Durante a manhã de hoje, o instituto de estatísticas alemão Destatis anunciou que Berlim encerrou o primeiro semestre deste ano com um excedente estimado de 8.500 milhões de euros, cerca de 0,6% do Produto Interno Bruto (PIB) do país.

Em comunicado, a entidade relacionou a saúde das contas do Estado alemão com o bom desempenho do mercado de trabalho e com as perspetivas económicas estáveis.

O preço do barril de crude Brent para entrega em outubro abriu hoje a subir no Intercontinental Exchange Future de Londres, situando-se nos 110,10 dólares, mais 0,18 dólares do que no encerramento da sessão anterior.

Já o euro iniciou a sessão estável face ao dólar, nos 1,3341 dólares, o que compara com os 1,3343 dólares registados na tarde de quinta-feira.