A bolsa nacional segue a negociar em alta, depois de uma abertura positiva. O índice PSI20 soma 0,44% para os 5.790,91 pontos, com 11 ações a negociar em terreno positivo, seis a descer e três estáveis.

As ações da Sonae Indústria, da Jerónimo Martins e do BCP estão a subir mais de 1 por cento, com os títulos da Sonae Indústria e da Portucel a cotar-se a 0,5 e 2,68 euros, a subirem respetivamente 1,85% e 1,17%.

Em relação às ações da Jerónimo Martins e do BCP, a cotação é de 14,71 e 0,1 euros e estavam a subir respetivamente 1,06% e 1,05%.

Também a Galp ajuda, ao avançar 0,69% para 12,385 euros.

Já os títulos do Banif continuam a perder, desta feita 7,69% para 0,01 euros.

As principais bolsas europeias também abriram positivas - a seguir o fecho de Wall Street, onde o Dow Jones voltou a atingir um máximo histórico - mas já seguem mistas à aguardar os números do emprego nos Estados Unidos.

Ao nível do mercado cambial, o euro abriu hoje em baixa, mas mantinha-se acima dos 1,32 dólares, no mercado de divisas de Frankfurt, a cotar-se a 1,3218 dólares.

As bolsas também estão a reagir à manutenção das atuais políticas monetárias expansionistas do Banco Central Europeu (BCE), Banco de Inglaterra e Reserva Federal norte-americana.

A cotação do petróleo continua a ser pressionada pela inquietação dos mercados de que a crise política no Egito e a guerra civil na Síria possam afetar a produção e o transporte do petróleo proveniente do Médio Oriente e do norte de África.