O Millennium bcp lidera as quedas da Bolsa portuguesa, a desvalorizar mais de 3%, e, em conjunto com a generalidade dos pesos-pesados, leva Lisboa a acompanhar a tendência negativa das pares europeias.

A Jerónimo Martins, a Portugal Telecom e a EDP-Energias de Portugal cedem menos de 1% para,respectivamente, 9,47 euros, 1,67 euros e 3,37 euros por ação.

Em contraciclo, a Galp Energia recupera das perdas das últimas sessões e avança 0,2% para 13,10 euros, apesar dos

preços do petróleo continuarem em queda nos mercados

internacionais.

O contrato do Brent, em Londres, e do Nymex, em Nova Iorque, perdem 0,4% cada, para 97,5 dólares e 92,6

dólares o barril, respetivamente.

Assim, o índice PSI20 recua 0,6% para 5.786,48 pontos, com 15 dos seus 18 títulos abaixo da linha de água, numa sessão em que se negociaram 95,9 milhões de ações, ou 18,6

milhões de euros, na NYSE Euronext Lisbon.