O índice acionista de referência português, o índice PSI20, ganha 1,5%, com todos os títulos em alta, e lidera as valorizações numa Europa animada por um conjunto de bons resultados anunciados esta manhã e que afastam os receios em torno do que será o futuro da Grécia na zona euro.

De acordo com a Reuters, as ações do maior banco cotado português valorizam 2,59% para 0,087 euros, acompanhando os ganhos da maior parte dos bancos europeus, à exceção dos gregos, e ajudado ainda pelo otimismo em torno da operação de troca de dívida por ações.

Sentimento igualmente positivo nos outros dois títulos da banca portuguesa, estando o Banif a subir 1,41% e o BPI a ganhar 0,84%.

Suporte adicional da retalhista Jerónimo Martins a ganhar 1,6%, dos CTT a subirem 2,18% e da telecom NOS a disparar 3%, após uma subida de avaliação feita esta manhã pelo Credit Suisse.

Esta casa de investimento reviu em alta o preço-alvo da NOS para 7,5 euros por ação, de 6 euros antes.

O Credit Suisse elevou ainda o preço-alvo da Galp Energia para 11,6 euros por ação, face aos anteriores 10,3 euros. A Galp avança 0,54%.

A dar 'energia' ao índice está também a EDP, a ganhar 0,45%.