A bolsa de Lisboa terminou a sessão desta quarta-feira com uma valorização ligeira de 0,18%, em contraciclo com a tendência europeia. O ìndice PSI20 beneficiou das valorizações da operadora de telecomunicações Nos, que ganhou 1,797%, depois da empresa ter anunciado que comprou 900 mil euros de ações próprias nas últimas sessões, mas também o desempenho dos títulos do grupo EDP.   

A EDP Renováveis ganhou 1,373%, depois de ter apresentado um crescimento dos lucros de 32%, para 75 milhões de euros. Já a casa mãe terminou o dia com ganhos de 1%, com os analistas a preverem uma subida dos lucros a rondar os 10%.

Lucros da EDP sobem 22%

Já depois do fecho dos mercados, a EDP revelou ter registado um lucro de 362 milhões de euros no primeiro trimestre, um crescimento de 22% face ao período homólogo, muito acima do esperado pelos analistas, beneficiando do desempenho da participada EDP Renováveis e do facto do mercado liberalizado mais do que compensar a quebra das receitas dos contratos regulados.

A atenção dos investidores está agora virada para o “capital markets day” da EDP, agendado para amanhã, 5 de maio, em Londres, onde sera apresentado o plano estratégico da empresa até 2020.

Na banca, os dois principais títulos tiveram comportamentos distintos; o BPI valorizou 0,994% e o Millennium BCP recuou 0,270%, depois do JP Morgan ter cortado o preço alvo por causa da margem financeira ter ficado abaixo do esperado no primeiro trimestre.