O PSI-20 fechou a sessão a cair 0,37%, nos 5.317,67 pontos, em linha com a restante Europa e pressionado pelo setor da banca.

O BPI caiu 3,3%, com os títulos a cotar a 1,10 euros, enquanto o BCP derrapou 3,2%, com as ações a cotar a pouco menos de 0,05 euros.

Destaque também para a Teixeira Duarte, que perdeu 2,6%, nos 0,34 euros.

Também as telecomunicações pressionaram a bolsa lisboeta, com a Pharol a depreciar 1,4%, para os 0,28 euros e a NOS a cair 1,1%, nos 7,30 euros.

No verde, destaque para a EDP, que somou 0,4%, com os títulos a cotar a 3,30 euros. A maior subida pertenceu à Altri, que somou 1,9%, nos 4,81 euros.

Nas praças europeias o dia também foi de perdas, com as bolsas castigadas pela queda dos preços das commodities e também numa reação a uma entrevista de Christine Lagarde, responsável do FMI, que alerta que o crescimento económico global do próximo ano será “desapontante”.

Milão e Frankfurt desceram 1,1%, Londres caiu 0,6%, Paris perdeu 0,5% e Madrid depreciou 0,2%.