As fortes quedas do BCP e da PT acabaram por determinar o fecho em queda da Bolsa de valores de Lisboa. PSI20 perdeu 0,86%.

As ações do BCP ainda subiram de manhã, cerca de 7,8%, mas acabaram por afundar e encerraram a cair 3,83%, fixando-se nos 0,09 cêntimos. Recorde-se que o maior banco privado português foi o único dos três bancos portugueses a falhar os testes de stress do Banco Central Europeu, num cenário adverso com base nas contas de fim de 2013.

Outro peso pesado que esteve em queda foi a Portugal Telecom que recuou 4,36 % e ficou nos 1,008 euros.

No lado oposto, em terreno positivo esteve o BPI com uma valorização de 2,06%, fechando o dia cotada nos 1,584 euros. Ter passado com folga nos testes de stress do BCE ajudou aos resultados do dia.